A caponata de berinjela é um prato típico italiano, com origem na Sicília, repleto de sabor e aroma. 

Seu preparo tradicional é feito, basicamente, com berinjelas salteadas em um delicioso refogado com tomate, cebola, e azeite, temperado com alcaparras, vinagre e açúcar. É de dar água na boca!

Algumas versões de caponata de berinjela podem levar ainda pinhões, aipo, peixe ou mariscos. No entanto, um prato tão irresistível como esse só tem como ficar melhor acompanhado de um bom vinho, não é mesmo? 

Por isso, no conteúdo de hoje, além de te indicar vinhos para combinar com esse prato, vamos te ensinar duas receitas de caponata de berinjela.

Além, é claro, de te mostrar qual a diferença entre a caponata e o antepasto, e ainda te dar dicas especiais sobre armazenamento, validade e como tirar a acidez para deixar o prato ainda mais saboroso. 

Acompanhe! 

Como fazer uma boa caponata de berinjela?

Uma seleção de pimentões e pimentas em cima de uma mesa representando os ingredientes de uma caponata de berinjela
Já sabe como fazer uma deliciosa caponata de berinjela? Aproveite nossas dicas!

A caponata de berinjela, como já falamos anteriormente, é um excelente petisco para acompanhar vinhos. 

Sua receita comporta uma série de variações, e pode ser feita, por exemplo, tanto no forno quanto no fogão. Assim, além de permitir uma série de ingredientes especiais de acordo com o paladar de cada um. 

Sendo prática e rápida, a receita de caponata de berinjela é saudável sem abrir mão do sabor, além de ser uma excelente opção versátil também para os vegetarianos.

Por isso, antes de abrir o vinho, vamos te ensinar duas receitas de caponata de berinjela. Uma delas será feita no forno, e a outra, utilizando apenas o fogão. 

Ao fim do preparo de cada uma delas você terá um petisco ideal para servir com pão italiano, torradas, biscoitos salgados e obviamente, um bom vinho! Vamos lá?

No forno

Para esta caponata de berinjela no forno, serão necessários os seguintes ingredientes: 

  • 2 berinjelas picadas em cubos.
  • 1 pimentão amarelo picado em cubos.
  • 1 pimentão verde picado em cubos.
  • 2 cebolas picada em cubos.
  • 1 pimentão vermelho picado em cubos.
  • 3 dentes de alho.
  • 1 colher de sopa de pimenta. 
  • 1 colher de sopa de orégano.
  • ½ xícara de chá de azeite.
  • Azeitonas verdes picadas.
  • Sal a gosto.

Para começar o preparo, deixe a berinjela de molho com água, sal e vinagre por 15 minutos para não ficar preta, e depois escorra. 

Misture todos os ingredientes em uma forma, cubra com papel alumínio e leve para assar em forno pré aquecido a 180º C por aproximadamente 1 hora. Lembre-se de mexer de vez em quando para não queimar. Tire do forno, deixe esfriar e sirva com torradinhas. 

No fogão

Anote aí os is ingredientes para a caponata de berinjela feita apenas no fogão:

  • 2 berinjelas grandes.
  • 1 pimentão vermelho.
  • 1 pimentão amarelo.
  • 3 dentes de alho amassados.
  • 1 cebola grande.
  • 200 g de azeitonas verdes picadas.
  • 200 g de champignon picado.
  • Orégano a gosto.
  • Sal a gosto.
  • Salsinha e cebolinha a gosto.
  • Azeite para refogar e para cobrir a conserva.

Desse modo, comece o preparo descascando as berinjelas e cortando-as em cubinhos ou tirinhas, como preferir. Em seguida, tire as sementes dos pimentões e corte-os no mesmo formato que escolheu para o corte da berinjela. 

Após isso, em uma panela refogue a cebola picadinha junto com o alho amassado e o orégano no azeite. Assim, junte a berinjela e os pimentões e mexa para não queimar no fundo. Acrescente as azeitonas e o champignon e prove de sal para acertar, se necessário. 

Depois que a berinjela estiver bem mole, apague o fogo e acrescente a salsinha e a cebolinha. Coloque em um refratário de vidro e deixe esfriar. Depois que esfriar, acrescente azeite e leve para a geladeira. 

Se preferir, você também pode armazenar a caponata de berinjela em um pote de vidro com tampa esterilizado. 

Para ambas as receitas, é possível adequar a quantidade dos ingredientes de acordo com a quantidade que você quiser preparar. Essa quantidade rende um recipiente médio que pode ser consumido ao longo de mais dias. 

Por isso, antes de servir a caponata de berinjela, anote esta dica final: esse prato fica ainda mais gostoso se servido no dia seguinte. 

Isso porque a conserva pega ainda mais sabor de um dia para o outro. Então, programe-se para preparar o petisco um dia antes de servir.

Assim você não vai se arrepender! 

Como tirar a acidez da caponata de berinjela?

Algumas berinjelas em cima de uma mesa fatiadas para uma receita de caponata de berinjela
Confira nossas dicas e aproveite ao máximo a sua caponata de berinjela!

Apesar de o sabor da caponata de berinjela ser mais ácido, precisa ser agradável e passar longe do azedo. 

Para isso, duas dicas são fundamentais para tirar o excesso de acidez. 

A primeira delas é, ainda durante o preparo. Um dos motivos da caponata de berinjela ficar muito ácida pode ser a cebola. Por isso, coloque a cebola em água com açúcar para tirar o excesso de acidez, deixe por uns 5 minutos, enxágue e só depois use na receita. 

A segunda dica é após terminado o preparo da caponata. Procure fazer à noite e deixe a berinjela escorrer na pia até o dia seguinte. Caso sinta que não foi suficiente, acrescente um pouco de açúcar na mistura para cortar a acidez. Pequenos ajustes no final da receita podem ser necessários. 

Qual a validade de uma caponata de berinjela?

Uma tigela com vários ingredientes da caponata de berinjela
Lembre-se de armazenar a sua caponata do modo correto levando em consideração os ingredientes utilizados!

A caponata de berinjela é um alimento em conversa, e deve ser mantido na geladeira logo após o seu preparo. 

Assim, se você armazenar em um recipiente bem limpo e fechado, a caponata de berinjela pode durar até duas semanas na geladeira. 

Além disso, também é possível congelar a caponata de berinjela, um método que economiza muito tempo na cozinha. 

Por isso, se você é um amante desse prato, recomendamos que você faça uma quantidade um pouquinho maior e guarde na geladeira para consumo em até duas semanas, ou congele, caso o consumo não seja tão breve. Demais, né?

Inclusive, muitas pessoas consomem a caponata de berinjela gelada, no entanto, e há quem prefere em temperatura ambiente ou até mesmo quente. 

Apesar de o armazenamento ser na geladeira, você pode separar a quantidade que irá consumir e retirar um pouco antes de comer da geladeira ou até mesmo dar uma pré-aquecida. 

Mas tenha em mente que, uma pré-aquecida, não vale mais guardá-la, tudo bem?

Mas afinal, qual a diferença entre caponata e antepasto?

uma panela com a caponata de berinjela
Será que há uma diferença entre caponata e antepasto de berinjela?

Um antepasto é uma iguaria condimentada que se come antes do primeiro prato, como um aperitivo ou uma entrada. Por isso, se você sempre buscou uma diferença entre caponata e antepasto, saiba que ela não existe. Por quê? 

A caponata de berinjela nada mais é que um tipo de antepasto típico da culinária da Sicília, a maior ilha do Mediterrâneo. 

Logo, este delicioso aperitivo à base de berinjela é o mais tradicional e sofisticado dentre todas as opções de antepastos, e além de surpreender os convidados, também agrega muito sabor à sua mesa antes do prato principal.

Caponata significa um conjunto de legumes fritos e temperados com molho de tomate, cebola, azeitonas e alcaparras, em molho agridoce. Então constitui um prato único, acompanhado de pão.

Assim, surgiu em uma época em que as pessoas na Itália, incapazes de pagar pelo peixe, o substituíram pelas berinjelas. 

Por isso é incrível pensar que essa deliciosa receita vive até hoje entre nós! 

Caponata de berinjela e vinho

uma mesa com tábua cheia de ingredientes para a caponata de berinjela
Descubra como harmonizar a caponata de berinjela com vinhos!

Apesar de a berinjela ser um ingrediente super versátil, existem combinações mais adequadas de vinhos para acompanhar a caponata de berinjela. 

Isso porque, por se tratar de um petisco com um sabor mais forte, que mistura acidez com agridoce, o vinho de acompanhamento não pode dominar o paladar. 

Para este tipo de petisco, temos algumas indicações de vinhos:

  • Vinhos brancos jovens, do sul da Itália ou franceses, como os Muscadet Sur Lie;
  • Vinhos brancos frescos e leves como o Finca Constancia Parcela 52 Single Vineyard Verdejo 2017 e o Calyptra Vivendo Reserve Sauvignon Blanc 2017;
  • Espumantes de boa estrutura, inclusive rosados e demi-sec;
  • Lambrusco tinto;
  • Vinhos rosados. 
  • Demais vinhos tintos leves e frescos, como Valpolicella, Pinot Noir, Merlot, Barbera, entre outros. 

Os vinhos mais frescos e leves harmonizam melhor com a caponata de berinjela, sendo um prato mais forte, temperado e aromatizado. Por isso, as indicações acima são as melhores para você acertar em cheio na hora de servir um vinho acompanhado desse tipo de petisco. 

A caponata de berinjela é um petisco extremamente saboroso, ideal para servir com pães e vinhos. 

Por isso, se você também é amante desse prato e ficou com água na boca, vá até uma de nossas lojas e escolha todos os ingredientes para preparar a sua caponata de berinjela aí na sua casa. Se preferir, peça também pelo site. 

Assim, aproveite para conferir mais ideias de petiscos para acompanhar vinho.

Então não se esqueça de adicionar no carrinho o vinho e os pães, combinado? Até a próxima! 

Este artigo foi útil?

Sim Não
Savegnago

Por: Savegnago

Por: Savegnago

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *