Ei, você, amante de vinhos! Você sabe como escolher a taça de vinho ideal para servir o seu rótulo favorito? Saiba que estilos, materiais, tamanhos e demais características da taça influenciam diretamente a forma como percebemos essa deliciosa bebida. 

Imagina só: você pode estar perdendo o sabor do seu vinho por ter escolhido a taça errada todo esse tempo!

Mas calma! Apesar de parecer complicado, acertar a taça de vinho ideal não é tão difícil quanto parece. Seja para um brinde a dois ou para um jantar em família, o seu objetivo é, com certeza, extrair ao máximo tudo de bom que o seu vinho tem a oferecer. 

Com variações intensas de aparências e aromas, pode acreditar: para cada vinho existe uma taça ideal. 

Por isso, no conteúdo de hoje, vamos te mostrar os principais tipos de taças de vinho! Além disso, também traremos algumas opções essenciais para se ter em casa e outras dicas e curiosidades para você degustar melhor o seu vinho. 

Ficou interessada no assunto? Então acompanhe agora! 

Dicas iniciais para escolher a taça de vinho correta

taças de vinho

Existem mais de 400 opções de taças de vinhos, acredita? Mas antes que você se pergunte se é necessário ter todas elas, a gente já dá a resposta: claro que não! O ideal é simplificar mesmo, tendo em casa somente os modelos mais adequados para o estilo de vinho que você mais gosta de beber. 

Outra dica de ouro: independente do tipo da taça, priorize as opções de cristal. A taça de cristal é mais fina e brilhante, o que ajuda na hora de avaliar o visual do vinho. Além disso, ela possui o chumbo como elemento principal de sua composição, o que garante leveza à bebida, abrindo mais os seus aromas. 

No entanto, saiba que não há nada de errado em beber vinho em taça de vidro ou até mesmo acrílico. Tudo vai depender da ocasião, tudo bem? Por exemplo: um evento despojado, na praia ou na piscina, pede por algo bem menos sensível do que uma taça de vinho de cristal. 

Dadas as primeiras dicas, que tal conhecer a seguir as taças mais indicadas para cada tipo de vinho? Leia com atenção e faça as suas escolhas! 

Taças para vinhos tintos

taças de vinho

Para extrair todo o potencial dos vinhos tintos, é necessário utilizar taças mais largas e bojudas. Isso porque elas aumentam a evaporação do álcool, deixando o sabor do rótulo mais suave e com um aroma mais intenso. Veja a seguir os dois modelos mais indicados para degustação de vinhos tintos: 

Taças Bordeaux

As taças Bordeaux são a pedida certa para servir vinhos tintos encorpados e ricos em taninos. Elas possuem o bojo mais alto e estreito, com a boca mais fechada e fina, direcionando o vinho para a ponta da língua. Isso faz com que os sabores frutados dominem antes que os taninos sejam direcionados para a parte de trás da boca. 

Procure usar esse tipo de taça de vinho para servir rótulos Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Syrah e Tannat. Você vai sentir a diferença na hora!

Taças Borgonha 

As taças Borgonha possuem um bojo bem grande e arredondado e é indicada para vinhos mais leves, com acidez elevada e menor carga tânica. Nesta taça, o vinho pode ser mais explorado pelo nariz, diminuindo a acidez e acentuando as qualidades mais arredondadas e maduras que compõem este vinho. 

Nesse tipo de taça de vinho, procure servir Pinot Noir, Barbera, Nebbiolo, Gamay e Grenache. Depois, nos diga o que achou! 

Taças para vinhos brancos e rosés

taças de vinho

Para esses tipos de vinhos são indicadas taças de tamanhos menores por dois motivos: 

Primeiro, por serem consumidos em temperaturas mais baixas, um recipiente menor permite menos trocas de calor com o ambiente. Segundo, porque as notas de frutas precisam ser realçadas, e as taças menores entregam o fluxo do vinho em áreas da língua com mais equilíbrio entre doçura e acidez.

Taça Chardonay

A taça Chardonnay tem como característica um o bojo redondo e largo, lembrando muito a taça Borgonha, inclusive. Elas são ideais para vinhos brancos mais encorpados e barricados, como os Chardonnay, Semillon e Viognier. 

Taça Sauvignon Blanc

Mais altas e estreitas, as taças estilo Sauvignon Blanc são as ideais para vinhos brancos leves e rosés. Esse tipo de taça de vinho minimiza o contato com o ar, mantendo sua temperatura e realçando os aromas frutados. As opções Pinot Grigio, Sauvignon Blanc, Alvarinho e Vermentino são as principais pedidas para essa taça. 

Taças para espumantes

taças de vinho

Para esse tipo de bebida, só existe uma taça ideal: a tradicional flûte, ou flauta. O seu formato longo e estreito possibilita apreciar todas as borbulhas da bebida, direcionando a efervescência e os aromas para o nariz. 

Ela também controla o fluxo acima da língua e mantém o equilíbrio entre a limpeza da acidez e a saborosa profundidade. Nem dá para imaginar que a tradicional taça de Réveillon faz tudo isso por nós, não é mesmo? 

Se a taça flûte tiver um leve bojo é até melhor. Isso porque, se for reta demais, pode levar a uma menor concentração dos aromas. Por fim, caso você não tenha muito costume de tomar espumantes, também é possível degustar em uma taça Sauvignon Blanc que dará tudo certo. 

Taças para vinhos doces e fortificados

taças de vinho

Os tradicionais vinhos de sobremesa são doces e fortificados, e também pedem uma taça específica para que consigamos extrair todo o seu sabor. Como esses vinhos são, geralmente, consumidos em quantidades menores, a taça ideal tem um bojo pequeno e é mais estreita na parte superior. 

O design desse tipo de taça de vinho ajuda a conduzir o fluxo da bebida diretamente para a ponta da língua, região onde os sabores doces são mais percebidos pelo nosso paladar.

A taça ISO

taças de vinho

A Taça ISO foi criada em 1970 e é reconhecida pelo código ISO 3591:1977. Feita de cristal transparente e liso, ela possui 15cm de altura e tem capacidade para até 220ml. Ela pode ser utilizada para a degustação de todos os tipos de vinho, como espumantes, brancos, rosés, tintos e de sobremesa, sem interferência da taça. 

Ou seja, se você aprecia uma grande variedade de vinhos e não quer apostar em diferentes tipos de taças de vinho, essa opção pode ser ideal para alcançar um padrão na degustação independente do rótulo escolhido. 

Como segurar uma taça de vinho?

taças de vinho

Outra dúvida bastante comum entre os amantes de vinho é sobre como segurar a taça. Então, agora que você já está com o modelo de taça correto para degustar o seu vinho, que tal aprender a forma correta de segurar uma taça de vinho? 

E antes de mais nada, é importante deixar claro que nada disso tem a ver com “etiqueta”. A maneira correta de segurar a taça existe para garantir uma boa experiência na hora de apreciar a bebida. 

Então vem com a gente! A primeira dica é na hora de servir: nunca encha a taça até a borda. A quantidade adequada é de até ⅓ de taça. Dessa maneira, fica mais fácil girar delicadamente o vinho dentro da taça, aerando a bebida para liberar aromas. 

Outra dica importante: procure beber sempre do mesmo ponto na taça. Isso evita desagradáveis marcas no cristal que acabam dificultando a análise visual da bebida. Não se esqueça, o vinho se degusta assim: com a boca, nariz e olhos! 

Agora a pergunta que não quer calar: como segura a taça de vinho? Independente do tipo escolhido, segure a taça sempre pela base ou pela haste, nunca pelo bojo. 

Dessa forma, você consegue preservar por mais tempo a temperatura do vinho, já que não há troca de calor entre a taça e a palma da sua mão. 

Além disso, segurar a taça de vinho pelo bojo deixa marcas de dedos que também influenciam na análise visual da bebida. 

Apesar de ser correto segurar apenas pela base, essa técnica é pouco recomendada. Isso porque, desse modo, fica mais difícil inclinar a taça durante a análise visual da bebida, além de facilitar acidentes. 

O ideal é que você vá variando a pegada entre a base e a haste, segurando sempre entre as pontas dos dedos polegar, médio e indicador. Também não esqueça de girar delicadamente a bebida dentro da taça a fim de extrair todo o sabor e aroma. 

Por fim, lembre-se de servir água durante a degustação de vinhos. É praxe para os apaixonados pela bebida tomar uma taça de água mineral no intervalo entre taças de vinhos.

Além de realizar a limpeza do paladar, tomar água junto com o vinho é importante pelo seu efeito diurético, além de conter a desidratação, já que o vinho não é uma bebida hidratante. 

Aqui no blog da Savegnago você encontra muito conteúdo sobre o mundo dos vinhos! 

Aproveite para ler mais e mergulhe conosco nessa grande paixão! E além das dicas e conteúdos disponíveis por aqui, no nosso site e lojas você encontra uma enorme variedade de rótulos e taças de vinho para abastecer sua adega e curtir muito com a família e amigos!

Taça de vinho na mão, agora é só fazer suas compras. Dê uma olhada nos nossos produtos e não se esqueça: Pedindo pelo site você recebe tudo embalado na porta da sua casa, sem preocupação. 

Não espere mais, conte com o Supermercado Savegnago do começo ao fim! Até a próxima!

Este artigo foi útil?

Sim Não
Savegnago

Por: Savegnago

Por: Savegnago

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.