Vinhos são fascinantes! É uma bebida milenar, que está na maioria das comemorações e é apreciada por muitos. Esse mundo é bem complexo, mas isso não impede ninguém de degustar uma deliciosa taça do seu rótulo preferido.

História no Brasil

O vinho chegou no Brasil no século XVI e foi trazido pelos colonizadores europeus. Com o tempo, os apreciadores sentiram a necessidade de começar a cultivar em terras locais, pois a bebida não resistia às viagens longas da Europa. Brás Cubas foi o primeiro viticultor brasileiro, iniciando a plantação em 1552, mas foi só em 1915 que a primeira vinícola brasileira foi fundada por Manuel Peterlongo. E aí a viticultura brasileira, apesar dos percalços, decolou!

Conheça como o vinho chegou no Brasil

Curiosidades sobre o vinho

  • Segurar a taça interfere na experiência
    A taça certa de degustar a bebida é a taça ISO, que é menor que as tradicionais, mas possui um bojo maior e boca mais fechada. É considerada padrão, por se adaptar a qualquer rótulo. O jeito certo de segurar a taça é pela haste ou pela base, evite segurar pelo bojo, pois o calor da mão pode ser transferido para o vinho.
  • Gire a taça para ressaltar o sabor
    Esse famoso gesto ressalta o aroma e o sabor da bebida, assim você consegue viver uma experiência mais completa. Gire-a por 3 segundos de um jeito leve e calmo, em seguida sinta o aroma.
  • Uva tinta pode sim produzir vinho branco e rosé
    Você sabe que a polpa da uva é esverdeada, por isso é possível produzir vinho claro com uva tinta. O que vai definir a cor do pigmento são os polifenóis, elemento da casca da fruta; quanto maior for o tempo do liquido em contato com a casca, mais escuro será o vinho; quanto menor for o tempo, mais claro.
  • A região em que é produzido influencia no sabor
    Esse conjunto de fatores (solo, clima, técnicas e geografia do espaço) se chama Terroir e é responsável pela qualidade do vinho que chega ao degustador.
  • Não é todo vinho que precisa envelhecer
    A maioria dos vinhos é produzida para ser consumida em até 3 anos, o vinho tinto, por sua vez, em até 5 anos. É estimado que apenas 5% da produção mundial são de vinhos que devem envelhecer para ficar mais saborosos, são grandes títulos com um processo e amadurecimento bem criterioso e detalhista.
  • A rolha não serve apenas para fechar a garrafa
    Além de ter essa função, ela também serve para que o vinho respire e envelheça da forma correta, salientando todas as propriedades.

No Savegnago Supermercados você encontra os melhores rótulos e títulos de vinho, para agradar todos os paladares. Compre na loja mais próxima ou pelo site ou app.

Este artigo foi útil?

Sim Não
Savegnago

Por: Savegnago

Por: Savegnago

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *